Home seta Artigos seta FAMÍLIA E EDUCAÇÃO

Enquete

A maior dificuldade para ensinar alguém a aprender é:
 

Quem está online?

FAMÍLIA E EDUCAÇÃO PDF Imprimir E-mail
Vamos refletir um pouco sobre a função da família, na educação dos filhos.
  Ferrer-Gomez (1993), em seu opúsculo Ser Família Hoje, faz uma série de colocações, que merece a nossa atenção e que gostaríamos de partilhar com todos.
  “A palavra educar pela sua etimologia (educere),  significa “conduzir a partir de”.
  “Educar é ajudar a ser, permitir que se seja. A vida pertence a cada ser humano. O que deve nos preocupar é que esse ser humano seja ele mesmo, despertando nele o que tem de melhor em si”. “De nada valem as atitudes permissivas que tudo toleram e favorecem o capricho e a falta de maturidade, nem o protecionismo, ou paternalismo que abrem todas as portas, removem todos os obstáculos e convertem o filho em uma pessoa incapaz; nada disso é bom. É preciso exigir do filho que ele seja capaz de bastar-se a si mesmo, o mais cedo possível, acompanhando-o, dialogando, sem resolver com isso todos os seus problemas, ter atitudes bem pensadas, uma vontade firme, um mínimo de segurança, tudo isso, supõe uma educação ao mesmo tempo exigente e respeitosa”.
 
 “Educar para que o filho se torne livre e verdadeiro. Educar é ajudar a “tornar-se livre”. Não se trata da liberdade de fazer ou não o que se deseja, mas da liberdade interior. É muito importante poder ser livre interiormente, não ser escravo dos caprichos, das paixões, dos medos, das dúvidas e da falta de segurança. Ser livre significa ser dono de si, aceitação alegre e humilde de sua própria realidade, quando o Eu interior é dono de todo o ser e não submisso ao corpo, aos sentimentos ou às idéias. Ser  livre é amar apaixonadamente a verdade e buscá-la em cada situação, diante da cada dificuldade, livre de todo o subjetivismo irracional. Assim nós nos sentiremos livres diante de nossa própria consciência e diante dos outros. Tornar alguém capaz de viver por si mesmo, de ser ele mesmo, de se integrar na comunidade dos homens e de orientar a própria vida para o amor, eis o alvo, a finalidade da educação. Toda relação de amor supõe a proximidade, a disponibilidade, a atenção e, ao mesmo tempo, uma certa distância que nasce do respeito e que nos impede de ser um peso, de sufocar o outro: estar perto, sempre mantendo a necessária distância; estar longe, mantendo a necessária proximidade”.
 
 Caros pais, vamos pensar, discutir, refletir sobre o texto acima, e analisar a nossa missão de pais, que temos como único desejo a felicidade de nossos filhos.
 
A Fundação Luiz Almeida Marins Filho tem com foco “ensinar a aprender”.
 
 
Prof. Dr. Marcos de Afonso Marins
Presidente da Diretoria Executiva da Fundação LAMF


Compartilhe com:
Facebook!twitter
 
< Anterior   Próximo >